Skip to main content
orçamento familiar

Aprenda como fazer um orçamento familiar e fique tranquilo em 2018!

Fazer um bom orçamento familiar é indispensável para garantir a estabilidade financeira da família. Por meio dele, você consegue ter uma perspectiva clara da sua real situação financeira e isso serve como base para o planejamento de novos investimentos.

Saber para onde o seu dinheiro está sendo direcionado é fundamental para controlar as finanças. Com o orçamento, se tornará mais fácil controlar os impulsos consumistas e não se envolver em dívidas.

Quer começar 2018 tranquilo e com um orçamento familiar impecável? Confira neste post as nossas dicas para garantir a sua segurança financeira!

Defina quais são as suas despesas e receitas

Primeiramente, é necessário definir quais são as suas receitas. Nesse momento, é essencial descrever qual é a fonte dessas receitas, como salário, pensão, aluguel, renda extra e, em seguida, anotar os valores de cada uma delas.

Feito isso, é preciso relatar todas as suas despesas, desde o gasto com o cafezinho até o pagamento de contas mais altas — como financiamentos, por exemplo. Para ter um controle melhor, é importante separar as despesas fixas das variáveis.

Detecte seus hábitos

Você tem o costume de comer pizza toda sexta-feira? Fazer aquele delicioso churrasco no domingo? Sair para jantar constantemente com a família?

Esses são só alguns exemplos de hábitos que precisam ser analisados para não comprometer o seu orçamento familiar. Eles não precisam ser eliminados, mas é importante verificar a possibilidade de diminuir a frequência para garantir que gastos supérfluos não sejam realizados.

Defina o que é necessário e o que é despesa acessória

As despesas acessórias são aquelas que não são tão importantes e que você pode viver bem sem elas. Portanto, ao fazer o seu orçamento familiar, é importante levar em consideração aquilo que pode ser eliminado dos gastos a fim de direcionar o dinheiro para outro departamento que possa beneficiar os planos da família.

É importante ressaltar para todos os membros da família que os cortes que serão feitos têm como objetivo melhorar a qualidade de vida e que eles possibilitarão que novos bens sejam adquiridos, por exemplo.

Estabeleça metas para economia

Se você quer ter um orçamento familiar eficaz, a economia é algo que não pode ser dispensada em hipótese alguma. Conscientize seus familiares e estabeleçam juntos metas para economia.

Uma ideia é analisar qual é o total das receitas mensais e estipular um determinado valor para arcar com os compromissos básicos e guardar o restante do dinheiro.

Por exemplo: se sua família tem uma renda mensal de R$ 5 mil, você pode estipular um limite de gastos de R$ 4 mil e guardar os outros R$ 1 mil na poupança — ou melhor ainda, investir em uma aplicação que ofereça um melhor rendimento.

Conheça as ferramentas online que podem ajudar

Fazer seu orçamento familiar em papel ou planilha de Excel não é uma boa alternativa, pois existe a possibilidade do documento extraviar e, além disso, não é possível realizar um controle eficiente.

Sendo assim, o ideal é contar com o auxílio de ferramentas online que possibilitem um maior engajamento da família em prol dos objetivos comuns.

Existem aplicativos financeiros que ajudam a colocar em ordem as finanças do seu lar, ensinam como fazer melhor uso do seu dinheiro e como se livrar de dívidas — tudo por meio do compartilhamento de informações financeiras e a inclusão de objetivos a serem alcançados no futuro.

Viu só como é fácil fazer um orçamento familiar? Com todas essas dicas e a ajuda de um aplicativo financeiro toda a família pode contribuir para que nada fuja do planejado!

Gostou das nossas dicas? Então assine a nossa newsletter para receber conteúdo novo diretamente na caixa de entrada do seu e-mail!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos





Compartilhe sua opinião com a gente

opiniões