Skip to main content
controlar todos os gastos

5 dicas essenciais para te ajudar a controlar todos os seus gastos

Se você tem objetivos financeiros de longo prazo, como preparar-se para a aposentadoria ou alcançar a independência financeira, provavelmente já percebeu qual é o verdadeiro segredo para ser bem-sucedido nessa empreitada: um orçamento familiar bem administrado. Sem um bom controle das despesas da casa é praticamente impossível manter-se na rota que você traçou para o seu futuro.

Na teoria, tudo certo; mas sabemos o quanto é difícil colocar isso em prática. É por esse motivo que resolvemos lhe dar uma mãozinha! Listamos a seguir algumas dicas essenciais para lhe ajudar a controlar todos os gastos de sua família. Acompanhe!

1. Anote todos os gastos

O primeiro passo para controlar seus gastos é conhecê-los bem. Mas para isso é necessário registrar de forma detalhada todas as despesas. Anote não só o valor gasto, mas também a data, a forma de pagamento e a categoria de despesa (moradia, alimentação, lazer etc.). Lembre-se de manter o registro sempre atualizado, colocando inclusive os gastos de menor valor: você pode se surpreender com o peso que as pequenas besteiras do dia a dia têm no seu orçamento.

Se você está começando agora, pode ser interessante criar uma planilha financeira para manter esse registro: ela facilita a organização das informações, e ainda vai te ajudar na análise dos gastos, permitindo, por exemplo, a visualização rápida dos totais por categoria. Porém, é preciso disciplina para desenvolver (e manter) o hábito de acessar a planilha com regularidade.

2. Defina limites mensais

Depois que você já tem uma boa noção de como suas despesas se comportam mensalmente, é hora de definir alguns limites, principalmente para os gastos mais supérfluos. Assim, você garante prioridade no orçamento para as categorias de despesa realmente importantes para a família, e ainda pode reservar uma quantia para poupança.

Mas cuidado ao estabelecer os limites: lembre-se que nem todas as despesas têm regularidade bem definida. Sendo assim, quando for estimar seus gastos, procure considerar a média de períodos mais longos (de três a seis meses). Tente também não definir limites excessivamente rígidos, pois você pode acabar não conseguindo respeitá-los, bagunçando todo seu planejamento.

3. Controle também as dívidas

Um dos princípios básicos da boa gestão financeira é sempre tratar dívida como prioridade. Não é pra menos: o excesso de endividamento é fonte quase certa de preocupação e discórdia familiar. Por isso, é fundamental manter também um controle preciso de suas dívidas.

Registre para cada uma delas o valor devido, quem é o credor (cartão de crédito, banco, amigo ou familiar) e a taxa de juros paga. Desta forma você consegue programar o pagamento das prestações mensais em seu orçamento, mantendo-as sempre em dia, além de poder identificar quais são as dívidas mais caras, que devem ter a amortização priorizada.

4. Envolva toda a família

Se o controle dos gastos de uma só pessoa já é uma tarefa árdua, abrangendo uma série de decisões difíceis, imagine cuidar de um orçamento familiar, que precisa levar em consideração as prioridades e restrições de várias pessoas, muitas vezes de idades e interesses diferentes? É um desafio e tanto…

Para ter sucesso, é necessário garantir o envolvimento de todos os membros da família desde o princípio. Comece estabelecendo ou destacando objetivos familiares, determinados de forma coletiva e consensual. Em seguida, defina limites e metas individuais, adaptados à realidade de cada um. Por fim, faça reuniões periódicas para avaliação coletiva do cumprimento do orçamento, destacando as contribuições de cada um para os resultados alcançados.

5. Utilize a tecnologia para facilitar o controle

Uma dica final para aumentar a eficiência de seu controle de gastos: existem aplicativos para celular que podem te ajudar a organizar sua vida financeira. Eles tornam o processo de registro de receitas e despesas mais simples, além de facilitar a análise dos gastos e permitir o cadastro e acompanhamento de objetivos financeiros.

E aí, gostou das nossas dicas? Precisa de um empurrãozinho para colocá-las em prática? Que tal baixar o Otto — Assistente Financeiro, disponível gratuitamente no Google Play e na App Store? Com ele, você consegue controlar todos os gastos de sua família com segurança, organizando sua vida de uma maneira bem simples e prática. Experimente!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos





Compartilhe sua opinião com a gente

opiniões